terça-feira - 12 - dezembro - 17
Home / Famílias / Para Mulheres / A Melancólica Elizabete
a melancolica

A Melancólica Elizabete

pastor mario luna

A Melancólica Elizabete

A Melancólica é voltada para si mesma, e, às vezes, pensamos nela como a que possui o temperamento “Sofredor”, pois é muito exigente consigo mesma, através de uma constante auto-análise Ela é uma pessoa naturalmente sombria, tristonha e pessimista, entretan¬to é muito bem dotada e com tendências para gênio.

Ocupações e passatempos

Artista
Musicista
Costureira
Artes culinárias
Contadora
Estetiscista
Espectadora em eventos esportivos
Educadora (Matemática, Ciências e Línguas)
Decoradora
Desenhista de modas
Escritora
Artes manuais
Poesia (escreve ou aprecia)

Emoções

Pontos positivos

Ama a música e as artes
Natureza rica e sensível
Capacidade analítica
Reage fortemente à emoção
Pensadora profunda, dada à reflexão

Pontos negativos
 
Deprimida e triste
Pessimista, está sempre olhando o lado negativo das coisas
Gosta de sofrer; mártir
Hipocondríaca
Introspectiva ao ponto de prejudicar-se
Depressão
Orgulho

Relacionamento com outros

Pontos positivos

Amiga em quem se pode confiar
Amiga ao ponto do auto-sacrifício
Faz amigos cautelosamente
Tem profunda afeição pelos amigos

Pontos negativos

Crítica os defeitos dos outros
Busca sempre a perfeição e julga tudo de acordo com seus ideais
Temerosa do que outros pensam dela
Desconfia de todos
Pode ter um violento acesso de cólera, após um prolongado período de animosidade
Muitas vezes sente-se ferida profundamente
Pode conservar uma mágoa e ser vingativa
Desgosta daqueles que se lhe opõem
É de difícil convivência

Atividades

Pontos positivos

Fortes tendências para o perfeicionismo
Gosta de trabalho analítico e detalhado
Tem  autodisciplina;  sempre  leva  a  cabo  o  que começa
Grande pendor para o trabalho intelectual e criativo
Conscienciosa ao ponto de observar minúcias
Bem dotada, com tendências para gênio
Conhece suas próprias limitações

Pontos negativos

Indecisa
Muito teórica, e pouco prática
Cansa-se facilmente
Hesita muito para iniciar novas empreitadas
Analisa exageradamente, o que a leva a desencorajar-se
Sua ocupação na vida tem que exigir o máximo de sacrifício, abnegação e serviço
Fica deprimida com suas criações.

 

Como lidar com o temperamento melancólico

Emoções — Aquele temperamento triste, profundo e depressivo poderá tornar-se num espírito mais alegre e jovem. Seu humor introspectivo pode aprender a sair de dentro de si mesmo, em fé, e contemplar o futuro com otimismo.

Relacionamento com outros — O Espírito Santo poderá ajudá-la a cultivar um espírito afetuoso, fazendo assim com que seja menos depreciativa para com os outros, e confie mais nas pessoas, e, em consequência, se torne de mais fácil convivência.

Atividades — Ela poderá tornar-se mais extrovertida, menos voltada para si mesma. Seu pessimismo será substi¬tuído por um espírito de gratidão se for obediente ao Senhor e conservar os olhos nele, e não em si mesma.

Problemas a solucionar

Superar seu espírito de crítica.
Libertar-se da auto-contemplação.
Ocupar-se em servir a outros, e deste modo esquecer-se de si mesma.
Cultivar um espírito de gratidão.

Em resumo a abnegada e pensativa Elizabete Melancólica talvez seja o mais bem dotado de todos os temperamentos. Entretanto, por ser egocêntrica, e por causa de seu espírito de crítica e seu temperamento sombrio, ela sofre mais que as outras, e limita sua capacidade de usar seus dons e talentos. Somente depois que seu espírito e mente são controlados pelo Espírito é que ela pode esquecer de si mesma e deixar o espírito de crítica, para tornar-se uma cristã genuína, que auxilia aqueles que a cercam com uma natureza terna e sensível. Ela pode cultivar um sentimento de gratidão, que se tornará um modelo de vida para ela. Somente então ela encontra sua plena realização pessoal, e encontra paz e satisfação em Cristo.

A História que segue-se servirá para ilustrar como pessoas melancólicas podem arruinar suas vidas e como entregando-se ao controle do Espírito Santos elas podem encontrar satisfação em viver.

Uma certa mulher com temperamento melancólico estava atravessando uma crise em seu casamento. Ela precisava muito de aconselhamento e procurou alguém para lhe auxiliar. Em seu relato ela expôs que seu marido não era bem o tipo homem que ela sonhara em se casar. Ele não era trabalhador e produtivo, nem tinha espírito de luta, e era muito desorganizado; não a ajudava nas tarefas da casa,  nem era forte sexualmente.  Elizabete por isso achava que a vida havia sido muito injusta com ela. E por isso já havia atravessado terríveis crises de depressão e pensado em dar cabo da própria vida.

Após ser ouvida na sessão de aconselhamento, a conselheira lhe mostrou que suas declarações eram apenas críticas contra o esposo, pelo modo que ele não fora capaz de corresponder aos ideais que ela esperava dele.

Foi então sugerido que ela fizesse uma lista de traços positivos que seu marido tinha e se caso ela achasse muita dificuldade de encontrar coisas positivas no caráter do marido, que ela pedisse a Deus que lhe ajudasse a enxergar tais qualidades.

Uma semana depois ela volta e disse que durante três dias não encontrou nada que pudesse anotar. Não tendo outra saída ela recorreu a Deus que lhe fez enxergar algumas qualidades. Ela anotou e fez uma lista com quatro itens: (1) ele era bondoso para com os filhos; (2) era generoso com seu dinheiro; (3) era respeitado na igreja por ser bom instrutor bíblico; (4) era fiel a ela.

Por mais que não quisesse admitir Elizabete com seu temperamento crítico estava arruinando seu casamento e sua vida.

Depois que conseguiu enxergar isso, ela pediu perdão a Deus por tal pecado e pediu que a ajudasse a não ser tão crítica e muito menos fazer  julgamento de seu marido pelos seus próprios ideais e pensamentos.

Depois de um ano ela relatou a conselheira que estava satisfeita com o marido que possuía apesar dele continuar com algumas das mesmas falhas, mas ela descobrira que ele tinha grandes qualidades, e ela agradecia a Deus por aquele homem.

A Elizabete Melancólica representa um enorme potencial. Como é naturalmente uma pessoa leal e dedicada, como amiga, quando Jesus Cristo se torna seu Senhor e Salvador e ela passa a ser controlada pelo Espírito Santo, não há outro temperamento que supere em dedicação e devoção a Deus.

Saiba mais sobre os outros tipos de Temperamentos

 

 

 

 

About Pastor Mário Luna

Check Also

Depressão sem mistérios

Depressão sem Mistérios

Depressão sem Mistérios “Tristeza profunda, preocupação excessiva, acessos de choro e sentimento de fracasso são …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com