terça-feira - 12 - dezembro - 17
Home / Vida com Deus / Mensagens de Vida / Comissão de Visitas para os Irmãos estão Escassas
Comissão de Visitas para os Irmãos estão Escassas

Comissão de Visitas para os Irmãos estão Escassas

Comissão de Visitas para os Irmãos estão Escassas

João 13:35 diz: “Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros” – Lucas 6:36 acrescenta: “Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.” 

Eu venho de um tempo que existiam comissões de visitas para aqueles que estavam ausentes da igreja, seja por doença, ou por qualquer outro motivo. O modelo da igreja de Atos era observado ( At 2.42-47).

Lembro-me que sempre havia pessoas comissionadas para visitar aqueles que não estavam comparecendo aos cultos e que essas visitas não eram solicitadas pelas pessoas ausentes. O simples fato de alguém se ausentar por um período já era o bastante para que tal pessoa recebesse uma visita e pudesse explicar o motivo de sua ausência.

Quando uma ovelha vive dispersa, torna-se uma presa fácil ao predador; ela facilmente se extravia e se perde, não encontra alimentos e padece de fome, frio até morrer um dia. Em um rebanho onde as ovelhas se cuidam mutuamente, se esquentam umas às outras e comem juntas, o predador se confunde e não sabe qual delas atacar, dando tempo ao pastor de defender seu rebanho e mantê-lo unido. A função do pastor é manter o rebanho unido, alimentado e protegido.

Acabamos de estudar no trimestre passado da EBD – CPAD – Sobre a teologia da prosperidade. Uma coisa muito focada nessa teologia é que a liderança em tais lugares só se preocupam com o que você pode dar. Nada de se preocupar com o seu bem estar.

Nessa mesma linha de pensamento “com o que você tem para dar”, parece que em alguns lugares você tem valor enquanto está indo a todos os cultos. Cumprindo todos os seus compromissos. Na hora que você se ausentar por qualquer motivo, sua falta não é percebida, e dificilmente você receberá uma visita. Até os que se mostravam mais próximos jamais ligaram para você. Aqui existe outra coisa a ser considerada. Aprendam a trocar contatos. Muitas pessoas na igreja se dizem íntimas. Mas não sabem sequer os números de telefones uma da outra.

Ainda que haja igrejas onde a comissão de visita para os irmãos ausentes não parta do púlpito, nós como ovelhas temos a obrigação de nos preocuparmos com a ausência dos irmãos e ir visita-los. Visita não é apenas para os doentes. Jesus deixou um ensinamento precioso sobre isso em Mateus 25:34-40 – Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.

É bom lembrar que “irmãos” são aqueles que fazem a vontade de Deus. Jesus mesmo disse isso em Mateus 12:50 “Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe”. Aqui não se trata de evangelismo de almas, e sim de fazer boas obras para os irmãos. Ir visitá-los está incluído nisso.

Alguns dos judeus a quem Jesus pregava o Evangelho do Reino eram homens piedosos, tementes a Deus, observadores da Lei, mas viviam dispersos. Essa é a imagem viva da Igreja atual: somos pessoas boas, tementes a Deus, mas não sabemos viver em comunidade. Nos reunimos em grandes números, mas ignoramos as necessidades das pessoas. Na verdade, muitas das vezes somos estranhos em Cristo e não irmãos em Cristo!

Dizemos: “Te amo em Cristo, mas hoje não posso te ajudar, visitar, escutar ou comer contigo porque estou muito ocupado. Nos vemos na Igreja!”. O problema é que tais pessoas não estão indo na igreja. Como nos veremos na igreja ?

Devemos lembrar-nos do que o Senhor Jesus nos disse em João 13:35: “Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros” (não por seus  grandes e modernos templos, não por sua música, não por suas obras sociais), mas pela maneira em que amam uns aos outros. O amor é uma ação, e não somente palavras, assim como a fé sem obras é morta.

Perseveremos na fé, mantenhamos a unidade e vivamos em amor.

Voltemos a viver no modelo da igreja Primitiva.

Jesus está voltando!

Amém !!

About Pastor Mário Luna

Check Also

Vaso de Deus

Cinco passos para ser um vaso de Deus

“A palavra do SENHOR, que veio a Jeremias, dizendo: Levanta-te, e desce à casa do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com